Notícias

A Escola em reflexão

6th Março, 2015

Escola com salas de aula, toques a marcar a entrada e saída das aulas, os diferentes anos de escolaridade em cada sala, esta é a realidade da nossa escola. Mas será esta a única realidade? Há abordagens pedagógicas inovadoras que estão a despertar a comunidade educativa para o que pode ser mudado. É também esta reflexão que propõe a Estufa Plataforma Cultural, este Sábado, dia 7.

A RCL esteve à conversa com a Magda Matias e com a Rafaela Basílio da Estufa sobre este Ciclo de Encontros Sobre Educação – Abordagens Pedagógicas Inovadoras. Se por um lado temos escolas fechadas à comunidade e com práticas educativas que, por sua vez, não promovem também o crescimento em comunidade dos alunos, por outro lado, temos também bons exemplos, como Magda Matias disse, referindo-se ao Jardim de Infância do Vimeiro.

A noção da aplicabilidade dos conhecimentos, a criação de hábitos, métodos de estudo, pesquisa, a entreajuda são valores fundamentais para a criança, para o aluno, para o cidadão. O caso da Escola da Ponte é, muitas vezes, citado para evidenciar as mais valias obtidas com estas abordagens, que visam adquirir competências, mas de uma forma diferente do que acontece no sistema  normal de ensino que conhecemos.

foto estufa1

Rafaela Basílio salientou uma das metodologias implementadas na Escola da Ponte: existem tabelas onde cada aluno regista o que sabe, que competências ainda não atingiu e onde é que está a precisar de ajuda, normalmente de um colega, que pode ser ou não do mesmo nível de ensino. O Tutor funciona como um mediador.

Ainda em declarações à RCL Rafaela Basílio, citando o Professor José Pacheco, salientou que o importante é “ajudar as crianças a crescer como seres sábios e felizes“.

“O que se pode mudar a partir de dentro da escola?” – é o desafio para este sábado, em Torres Vedras, no Centro Educativo da Ventosa (Freiria).